segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Renovando móveis com pastilhas de vidro.




Gosto de móveis antigos principalmente pela qualidade da madeira. Costumam ser muito bem acabados e cheio de detalhes artesanais que dificilmente são encontrados nos dias de hoje. É o caso de uma pequena cômoda de imbuia, que pertencia ao quarto de minhas filhas quando eram pequenas. Lá, guardavam miudezas como: meias, calcinhas,lenços, biquínis, perfumes e presilhas de cabelo. Depois que elas cresceram não havia mais uso para aquele móvel. Como tinha um certo apego à ela, pois sempre me lembraria minhas meninas arteiras, resolvi aproveita-la e colocar num dos banheiros, para guardar maquiagem, perfumes, esmaltes e artigos de higiene. A ideia parecia boa, até que começarem a surgir manchas no tampo de madeira ( perfume, água, esmalte)...tentei várias coisas para tirar as manchas, mas uma grande mancha de removedor de esmalte foi a catástrofe final. Fiquei pensando como resolver o problema definitivamente. Resolvi forrar o tampo com pastilhas de vidro. Fui até a Leroy Merlin e quase surtei com a infinidade de opções e a beleza das pastilhas. Acabei optando por uma que imitava veios de pedra (ágata) que harmonizava bem com as cores existentes no banheiro.

 Cartela de pastilhas

Minha casa é antiga, e os azulejos tem uma decoração bem pronunciada. Logo, é preciso ter cuidado para não transformar o banheiro numa alegoria de Carnaval. Outro cuidado a ser observado, é que o tampo era pequeno, portanto, pastilhas menores se adaptariam melhor ao espaço.
Precise de três cartelas de pastilhas,  cola para pastilhas, rejunte branco para pastilhas, uma espátula serrilhada, estilete, pincel e uma lixa para madeira.


Agora posso colocar qualquer produto sobre a cômoda sem me preocupar com manchas. Ficou muito fácil de limpar e deu nova alma ao velho móvel de madeira.
Como gostei do resultado, então aproveitei e também apliquei pastilhas  num velho banquinho de imbuia maciça que estava bem desgastado. 
  o banquinho

Veja o passo a passo.

- Primeiro, coloquei as cartelas de pastilhas sobre o assento do banquinho,  verifiquei qual seria a disposição adequada.


- Com um estilete, cortei na tela entre as pastilhas, e separei os pedaços necessários para preencher todas a superfície. 


- Lixei a superfície onde as pastilhas serão aplicadas..
-Limpei bem. 
a cola


-Espalhei cola suficiente por toda a superfície do  tampo, com o auxílio da espátula serrilhada.


-Fixei a cartela de pastilhas e os pedaços  que cortei sobre a cola, até preencher perfeitamente o assento.
-Limpei o excesso de cola que escorreu pelas laterais.
-Esperei 24 horas para a secagem.
pó para rejunte de pastilhas


-Misturei água ao pó de rejunte, até obter uma consistência cremosa como Nutella.


-Com o auxílio de um pincel espalhei o rejunte, até cobrir todos os espaços entre as pastilhas.
-Esperei mais ou menos 1 hora, e com um pano de limpeza, limpei o excesso de rejunte e todos os respingos.
-Deixei secando por 24 horas, e então limpei definitivamente.

E então meu gato Ricky, estreou a "obra".


Outra sugestão é misturar azulejos e pastilhas, usando o mesmo processo e produtos do banquinho com pastilhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário